segunda-feira, 13 de abril de 2009

Sobre a Páscoa na Infância

Tem coisas que sem a menor sombra de dúvidas eram imensamente mais legais na infância. É o caso da Páscoa, não vou escrever aqui sobre religiosidade nem sobre a Paixão do Cristo, é sobre chocolate mesmo. Sobre chocolate e comida gostosa.
Lembro que lá em casa quem sempre organizou, cuidou, ajeitou tudo relacionado a datas comemorativas, religiosas ou não, foi minha Mãe. Ok, meu Pai liberava a verba, o que era importante, mas se não fosse a Dona Marinalva nada acontecia.
Meu Irmão e eu não escolhíamos muito, nem queríamos o ovo por causa de algum brinquedinho de plástico. O importante é que o mesmo fosse grande e de chocolate, chocolate preto.
Os dias que antecediam a Páscoa eram recheados de expectativa, pelo ovo e pelo Peixe, o famoso Bacalhau ao forno com azeite, batatas, cebolas, azeitonas e outras coisinhas mais.
A Dona Marinalva minha mãe, fingia que não tinha nenhum chocolate escondido em casa. E nós, o Wagnão meu irmão e eu, fingíamos que não sabíamos que nosso chocolatinho pra ser devorado no Domingo já estava escondido no armário.

Aí a gente cresce e nunca mais ganha presente, de ninguém.
Adulto não ganha presente a não ser que seja porteiro e camarada.
Adulto gasta com presente, mas ganhar que é bom nada, pelo menos eu dificilmente ganho e isso inclui o aniversário. E acho tão bacana ganhar presente...
Aquele gostinho bom de chocolate não rola mais lá em casa na Páscoa, a não ser que eu vá ao mercado e compre um ovo, mas não é igual, até porque nunca compro o tal ovo, fico achando que ta caro e acabo levando uma caixa de Bis. Pelo menos o Bacalhau persistiu, que bom, e que delícia, pois adoro Bacalhau.
Ah, e como sou uma filha cara de pau, ainda é meu pai quem compra o bacalhau.

2 Heim?!:

Mosaicos Lupi disse...

Que agradável surpresa Flavia! amei o texto, leve e divertido, vou passar sempre poraqui. beijos.

Flavia D'Álima disse...

Será muito bem vinda.
Bjs Lú

 
Era pra ser Ursula. Design by Exotic Mommie. Illustraion By DaPino