terça-feira, 3 de novembro de 2009

Coisas que vi, ouvi, percebi

As capas mais antigas dos discos da Gal são lindas. Mesmo.
Alguns sebos não dão devida atenção aos discos.
O centro da cidade calmo é estranho.
Samba de roda em boteco é o máximo.
É impressionante, mas de uma boca pode sair um jato. Como o dos bombeiros.
Tem moços que não tem noção do que são suas bundas, e saem mostrando elas por aí.
As árvores de natal do momento custam pouco, mas são descartáveis.
Não é nada prático esquecer chaves.
Não é nada bom ser meio ou totalmente surdo.
Produzir ou “encabeçar” qualquer coisa da bastante trabalho. Mesmo.
Nós seres humanos, especialmente mulheres, conseguimos achar ou colocar pêlo em ovo.
Dias de Sol são ótimos, mas cansam um pouco.
Nos dia de Sol brejas geladas são beeeeem mais gostosas.
Uma boa trilha sonora muda ou melhora qualquer situação.
O transporte público humilha a gente.
De uns meses pra cá tenho um respeito imenso pelas sardinhas. As enlatadas.
Cabelos cumpridos nos fazem perder tempo. Lentes de contato também.
Atraso. Um saco. Dor de cabeça também.



2 Heim?!:

Dani disse...

xiii, certas coisas, melhor não comentar rsrsrsr

estar a frente é uma das piores coisas... pq vc perde o direito de ficar de saco cheio e "desanuviar". Trilhas sonoras servem exatamente pra melhorar ou piorar, e esquecer ou perder chaves gera conflitos do pelo do ovo! rsrsrs

devaneios do comentário

Mari disse...

Inspirador! Hehehe

 
Era pra ser Ursula. Design by Exotic Mommie. Illustraion By DaPino