quinta-feira, 17 de setembro de 2009

É tempo de Morangos

Frutinhas
Bonitinhas
Vermelhinhas
Com poros

Vendendo a rôdo
Em caixas e baratinho
Pra mim nem doces, nem amargas
Mas cheirosas
E gostosas na mistura

Do doce
Ou da Vodka
Depende do dia
Ou da noite
Ou do tempo, do bolso, da hora

E andam na moda
Com um chapeuzinho verde
Que nesse caso vai bem com vermelho

Isso aqui não é poema não
Deu pra sacar pela falta da rima
É só uma espécie de observação
Sobre a frutinha da estação

9 Heim?!:

MeL disse...

hahahahaah gostei! Quando seus tuculates chegarem fotografa tb.. hahahah

Marcelo Augusto Cetreus disse...

Nowaymente engraçado. Adorei esse poema, aliás, adoro seu blog. Estou sempre por aqui. Abraços.


http://awardmovies.blogspot.com

Flavia D'Álima disse...

Mel nada de chegarem meus Chocolates. E ó tenho máquina digital não sou um ser meio retrógrado.
Bj

Valeu pela visita Marcelo.

MeL disse...

Gente, a pergunta da semana ja está disponivel no Clau emagrecendo ... bora blogar povo!!...rsrs

Flávia Romanelli disse...

Adorei o poema moranguete! Fofo e cheiroso!

Flavia D'Álima disse...

Que bom que gostou Flávia.
Bj

Irmãs disse...

Nham, Morango é muito bom mesmo!!

Fla, passa no Coisas que têm selinho!!

Beijos,

Flavia D'Álima disse...

Selinho não né Lú selinhoSSSSSSS
Bj

O Cara da Locadora disse...

Quem adora morango é minha filhinha Manuela (pra ela se chama 'mololo', rs)... É uma alegria ver aque nenenzinho se entupindo de morango, rs...

Poema muito bonitinho, rs...

Até...

 
Era pra ser Ursula. Design by Exotic Mommie. Illustraion By DaPino